BLOGS: Blog do Hélio

Blog UOL

Big

15/01/2009

Ontem assisti Big Brother. A coisa está ficando cada vez pior, hein? Agora colocaram o povo dentro de uma “casa” (cercado mudou de nome com a reforma ortográfica?) de vidro em um shopping na segunda maior cidade do Brasil, o Rio de Janeiro. Acho estranho, bem estranho. Aí o repórter vai entrevistar os participantes e você descobre que eles tem uma intimidade incrível com a câmera, parece que ficaram ensaiando dias para falar para a câmera, como sorrir, melhor lado. Profissionalizaram o BBB. Acabou a espontaneidade, a surpresa. Teve uma que até agradeceu o carinho do público que está a apoiando. Mas qual público? Gente, ninguém nem sabe o nome dela direito ainda, calma, fia.

Acho que era até esperado, já foram feitas muitas edições. Os próprios participantes das últimas já diziam que observaram antes como agir, com quem se aliar e de quem ficar longe. Entram preparados, cada um com uma estratégia, colocando à mostra seus melhores atributos, físicos, na maioria das vezes.

É sempre a mesma coisa, sempre os mesmos problemas, as mesmas intrigas, tudo igual. Mesmo assim a gente assiste, gosta (se assiste é porque gosta, não vem com desculpinha) e assiste de novo. Quase todos os espaços comerciais já foram vendidos e os que restam devem evaporar depois da estabilização da audiência do programa. Plim plim.


Escrito por Hélio Filho às 17h06 Comentários Envie

13/01/2009

Pensar


Sempre gostei de Filosofia, de filosofar. Tem gente que acha que só aqueles famosos homens, e algumas mulheres, conseguiram filosofar. Bobagem, filosofar nada mais é do que refletir, pensar sobre o pensar. Se reconhecer como ser pensante, ou seja, filosofar me torna indivíduo.

Todo mundo pode, e deveria, filosofar, mesmo que considere sua filosofia de boteco, de terceira ou fútil. Pensar faz bem, sempre. Mas, por favor, pense coisas boas, afinal, o pensamento tem poder e a física quântica já provou que ele pode fazer muita coisa. Não, não li "O Segredo", obra-prima da literatura contemporânea que tem como embaixadora no Brasil a grande e respeitada por seu talento atriz Rita Guedes, esse conceito é consenso em várias correntes de pensamento.

Esse vídeo eu recebi de uma colega de faculdade, aquela época aonde eu cheguei a ser neo-marxista e achava que seguir a luz do mito da caverna era meu destino. Ainda bem que o bom senso aumenta com a idade, em alguns casos, claro. Não é muito educativo filosoficamente, mas é engraçado. Ok, piada meio nerd, mas tá valendo.


Escrito por Hélio Filho às 18h21 Comentários Envie


Busca
Infomix
Receba o boletim de notícias do Mix no seu e-mail.
2006 - MIX BRASIL - © Todos os direitos reservados