BLOGS: Blog do Hélio

Blog UOL

Se joga, pintosa!

18/03/2009

"Nhaimmm?"

A nova música das Pussycat Dolls, “I hate this part righ here”, não sai da minha cabeça. Outra que estou adorando é “Halo”, da Beyoncé. Engraçado é que nunca fui super fã delas. Se não fosse o Valter me dar o CD da Beyoncé eu nem compraria. Deve ser alguma fase mais pintosa, sei lá. O mais engraçado é que Britney, Pussycat, Rihana e mais um monte de cantoras/carão/corpão/megaprodução acabam sendo vistas como “música de pintosa”, de quem gosta de dublar na pixxxta da buatchy e bater o cabelón horrores na cara da colega do lado. Puro preconceito. Música é música, está aí para ser ouvida, interpretada e sentida, do seu jeito, sempre, claro.

E qual o problema em ser pintosa? Hoje em dia fica meio antigo falar de homossexualidade, eu acho mais certo falar de homossexualidades, no plural mesmo. Os homossexuais são muito diferentes entre si. Basta comparar a pintosa com o ursão. Diversidade sexual é a palavra-chave, lembra?

Eu gosto das pintosas, das bem afetadas que acreditam no franjão e nunca andam, sempre desfilam pela buatchy com cara de Victoria Beckham. Quer maior autoconfiança? Elas não estão nem aí se você vai achar a calça roxa dela que está grudadésima feia, nem vai se importar sobre seus comentários acerca do gigante óculos e pode até rir se você falar que ela é pintosa demais. Adoro os leques também, não me contenho e solto um “maravilhosaaaaa” toda vez que alguma delas os abrem fazendo questão de fazer aquele barulho típico. Depois abanam seus cabelões escovados e capricham nos passinhos à la drag queen com direito a muito remelexo.

São bichas que fazem questão de deixar claro que tem sua feminilidade aflorada, sua meiguice visível e fragilidade exposta. Procuram, e encontram, quase sempre um amor que as proteja, pegue no colo, bem fofo mesmo. Aí você pensa que toda pintosa é passivona. Mas lembra daquele bofyscândalo que era mais másculo do que o Rambo e virou linda a bundinha para você na hora H? Como disse, homossexualidades...

Aqui você confere “Halo”, da Beyoncé, achei bem afetuoso, romântico, íntimo.


Escrito por Hélio Filho às 14h17 Comentários Envie


Busca
Infomix
Receba o boletim de notícias do Mix no seu e-mail.
2006 - MIX BRASIL - © Todos os direitos reservados